Simone Motta



Era bom quando nos amávamos,

Bom quando estávamos juntos, pensando no futuro,

Um futuro que jamais teríamos

Uma carreira construída dos nossos sonhos,

Uma vida estável e um ou dois filhos

Bom quando estávamos próximos consolando as aflições um do outro

Ou até mesmo exaltando as qualidades que nos fizeram apaixonar

Mas tudo mudou de uma hora para outra,

Os sonhos pareciam diferentes

Mudanças na personalidade

Será que eu o conhecia da mesma forma?

Depois de um tempo, o amor havia se apagado

E o que restava, eram apenas cinzas.

Cinzas que, para mim, não tinham se apagado.

©2020 Editora Crystal Books